Mês da Conscientização sobre as Mudanças Climáticas

Mês da Conscientização sobre as Mudanças Climáticas

O aquecimento global é um tema que deixou de fazer parte do nosso imaginário. De alguns anos para cá, as mudanças climáticas estão cada vez mais evidentes, transformando a rotina, os hábitos e a consciência da população mundial em relação à práticas mais sustentáveis.

Com o intuito de trazer à tona discussões importantes e ações que realmente possam impactar em um futuro mais consciente, o dia 16 de março foi estabelecido pela lei n°12.533/2011 para celebrar o Dia Nacional da Conscientização sobre as Mudanças Climáticas.

Para entender a importância desta data, a Recimac preparou um conteúdo especial para mostrar atitudes eficientes que podem melhorar a vida de todo o planeta. Continue a leitura!

Mudanças climáticas: atitudes que conscientizam e transformam 

Atualmente, já é de conhecimento geral que as mudanças no clima podem ser consequência de causas naturais ou ter relação direta com diversas atividades humanas. A principal e pior delas é a emissão dos gases poluentes, causadores do tão falado “aquecimento global”.

Nunca foi tão importante entender que o meio ambiente é parte da vida humana, portanto, é fundamental colocar em prática mudanças no nosso comportamento para evitar a escassez de recursos.

E você, já refletiu em como está colaborando para que pequenos atos possam contribuir para uma mudança significativa no clima do planeta?

Hábitos para ajudar a combater as mudanças climáticas

Que tal aproveitar este mês de consciência para adotar práticas que farão diferença na sua vida e em quem está à sua volta? Para ajudar pessoas e empresas, a Recimac listou algumas ações fundamentais para intensificar o combate ao aquecimento global. Confira quais são e comece a colocá-las em prática!

Recicle para reduzir a quantidade de resíduos sólidos

Realizar a separação entre lixo orgânico e reciclável já é um hábito que vem reinventando a maneira de lidar com o meio ambiente. Muitas empresas já adotam essa prática na sua rotina e, se na sua vida você deseja criar esse novo hábito, o primeiro passo é evitar o desperdício de alimentos. Por isso, planeje bem as compras para adquirir o que é realmente imprescindível.

Também aproveite ao máximo frutas, verduras e legumes. Cascas, folhas e talos são importantes fontes de vitaminas e podem ser reaproveitados. Já para a correta destinação de resíduos orgânicos úmidos, é possível usar a compostagem, por exemplo. Dessa forma, o adubo é gerado e a quantidade de resíduos que irão para os aterros sanitários fica reduzida.

Aposte na utilização de embalagens sustentáveis

Você já percebeu que o lixo em excesso é um dos grandes vilões do meio ambiente e das mudanças climáticas, não é mesmo? Portanto, nada melhor do que realizar um investimento no presente para construir empresas e sociedades mais sustentáveis no futuro.

Já pensou em como as embalagens feitas com materiais não recicláveis podem levar anos para se decompor e prejudicar o solo e o clima? Por isso, aposte no uso de embalagens produzidas com materiais reutilizáveis, como o aço, alumínio ou papel. Assim, esses produtos podem ser reaproveitados inúmeras vezes sem perder as características originais.

Se você ainda não se convenceu dessa ideia, saiba que o aço reciclado inclui economia energética de 74%, economia de matéria prima virgem, redução de 40% no consumo de água, de 76% em poluentes na água, 86% em poluentes no ar, e redução de 97% de resíduos de mineração!

Utilize a biomassa como combustível

O suprimento de energia elétrica é uma das condições indispensáveis para o alcance do desenvolvimento sustentável. Diante disso, a biomassa surge como alternativa, por ser uma matéria prima de baixo custo e rápido acesso que armazena grande quantidade de energia, facilitando a produção em grande escala e de forma sustentável.

E a sua empresa, já pensou em utilizar as matérias orgânicas – resíduos agrícolas, madeiras e plantas – como fonte de energia sustentável? Na Recimac trabalhamos com métodos de peneiramento para diminuir em até 90% a contaminação da biomassa, retirando a areia que é muito prejudicial na produção de energia.

Com o uso da biomassa a energia é produzida com baixo custo, permite o reaproveitamento dos resíduos e reduz significativamente a emissão de poluentes na atmosfera, ao contrário de outras fontes de energia, como o petróleo e o carvão. 

Quando empresas e pessoas apostam em soluções como estas, o planeta inteiro agradece!

Gostou do conteúdo? Para ler mais artigos como este, não deixe de conferir o blog da Recimac e seguir nossos perfis no Facebook, Instagram e LinkedIn!

Receba nossas
novidades em seu email

    Recimac © 2022 - Todos os direitos reservados.Desenvolvido e otimizado por WEBi