Dia Mundial do Solo: o que significa? Por que é importante?

Dia Mundial do Solo: o que significa? Por que é importante?

O Dia Mundial do Solo é sem dúvida uma das comemorações ambientais com a maior disparidade entre a sua importância e a visibilidade da data em que é comemorada. 

Ou seja, apesar de ser uma data importantíssima e que gera debates em diversos círculos políticos e científicos, as populações mundiais sequer sabem dos conteúdos debatidos no Dia Mundial do Solo. 

Em função dessa invisibilização, as problemáticas ambientais ligadas ao solo são, infelizmente, relegadas a uma nota de rodapé nos calendários do grande público, fato esse que fomenta ainda mais um clima de incerteza e desinformação acerca de temas da ecologia e sustentabilidade.

E pensando justamente em contribuir para ampliar e qualificar esses debates, nós da Recimac aproveitamos esse Dia Mundial do Solo para explorar um pouco sobre a sua história, as bandeiras que são levantadas e qual a sua importância para a conscientização ambiental. Acompanhe conosco!

Boa leitura!

Qual a origem do Dia Mundial do Solo?

O Dia Mundial do Solo, comemorado todo o dia 5 de dezembro, foi primeiramente instituído pela ONU (Organização das Nações Unidas) em 2013, como uma forma de conscientização sobre o papel do solo como um componente vital e irredutível dos ecossistemas globais.

A partir da Resolução nº 68/232 de 20/12/2013, o Dia Mundial do Solo passa a ser uma data comemorativa capaz de mobilizar a sociedade civil, o poder público e os cidadãos a adotarem e votarem por medidas práticas de preservação dos solos, fazendo com que essa data comemorativa torne-se um componente integral de políticas públicas ao redor do mundo.

Qual a importância do solo para o meio ambiente?

O solo é a base para toda a atuação humana através da história. Sem ele, a humanidade jamais teria desenvolvido as tecnologias de agricultura que permitiram sua sobrevivência e desenvolvimento através dos séculos. Mas o solo provém muito mais do que isso.

A vida na Terra surge e se sustenta através do solo, que para além do seu uso no meio agrícola, provém segurança alimentar e de desenvolvimento dos ecossistemas que dele dependem. As árvores, por exemplo, possuem uma dependência irredutível de um solo de boa qualidade para crescerem e se desenvolverem da melhor forma possível.

O solo também é fundamental para acomodar as pressões e demandas de civilizações em desenvolvimento, e através da atividade agrícola sustentável, garante uma produção abundante e segura de alimentos, na mesma medida que mantém uma estabilidade dos ecossistemas e do meio ambiente como um todo.

Assim, uma boa gestão dos solos têm importância econômica e social determinante para a biodiversidade, agricultura sustentável e segurança alimentar, que por consequência contribuem para a erradicação da pobreza, no combate às mudanças climáticas, maior abundância de água potável. 

A sustentabilidade dos solos é uma responsabilidade integral da humanidade, uma vez que somos a única espécie no planeta com os recursos materiais e intelectuais para surtir um impacto sobre o solo — seja ele positivo ou negativo. 

A desertificação e poluição dos solos, por exemplo, são adventos indissociáveis das atividades humanas, seja por conta do descarte indevido de resíduos urbanos ou por atividades industriais não sustentáveis. 

O contexto brasileiro e o nosso papel para a preservação dos solos

No Brasil, a falta de fiscalização ambiental nos meio agrícolas e industriais são sem dúvida alguns dos fatores que mais contribuem para o detrimento da qualidade dos solos no nosso país, em particular nos processos de descarte de RSUs (Resíduos Sólidos Urbanos). 

E sabemos que este cenário não precisa ser a norma, pois diversas empresas investem em desenvolvimentos processuais e tecnológicos que adaptem suas atividades a um modo de produção sustentável, o que garante a sobrevivência e riqueza dos solos — e do meio ambiente como um todo.

Assim, para que honremos o propósito do Dia Mundial do Solo, todas as esferas políticas, científicas e civis devem trabalhar em conjunto para a preservação do principal pilar para a vida na Terra: o solo.

Entendeu um pouco mais sobre a importância do Dia Mundial do Solo? Quer ficar por dentro de mais assuntos sobre ecologia e sustentabilidade? Então não deixe de conferir os conteúdos no blog da Recimac e seguir nossos perfis do Instagram, Facebook, LinkedIn e YouTube!

Receba nossas
novidades em seu email

    Recimac © 2022 - Todos os direitos reservados.Desenvolvido e otimizado por WEBi